100 coisas triviais para fazer em 2014

2014
1— viva cada dia como se fosse o último, mas com a certeza de que não seja;
2 — ponha seus problemas nas mãos de Deus, mas ajude Deus a resolvê-los;
3 — abandone hábitos destrutivos como fumar ou expor-se a risco desnecessários;
4 — tire mais tempo para planejar;
5 — adquira o hábito de ler literatura e ouvir música de qualidade;
6 — diga sim ou não, conforme lhe convier, mas com a mesma urbanidade;
7 — conte até 10 antes de desferir um primeiro soco;
8 — dê o primeiro soco para nocautear;
9 — se trocar de religião é trocar de dúvidas, troque suas dúvidas por outras mais estimulantes;
10 — troque a paixão que morreu por uma paixão que está começando;
11— trabalhe para viver sem morrer de trabalhar;
12 — use mais o jeito do que a força;
13 — curta cada dia como se fosse uma dádiva sobrenatural;
14 — curta a lua cheia como se a visse pela primeira vez
15 — arrisque a escrever um poema, ou um livro de poemas;
16 — não tenha medo de parecer bobo;
17 — jogue todas as suas fichas naquilo que você deseja com toda a força de seu coração;
18 — se você perder a parada, saia sem ressentimento e parta pra outro sonho;
19 — distribua mais elogios;
20 — faça por merecer os elogios que receber;
21 — agradeça os elogios com serenidade;
22 — seja fleumático diante dos perigos da vida;
23 — seja mais otimista sem desligar o desconfiômetro;
24 — faça exercícios ao ar livre;
25 — caminhe pelos parques conversando com amigos;
26 — descarte as coisas que não usa mais;
27 — descarte os hábitos e sentimentos que você ainda usa, mas que são nocivos ao seu bem estar;
28 — poupe ao menos 20% de seu ganhos;
29 — não compre fiado, nem pague juros;
30 — consulte vidente, cartomante, mas também médico ou advogado;
31 — faça e mantenha uma previdência privada;
32 — diga de viva voz “eu te amo” às pessoas de quem você realmente goste;
33 — não diga “eu te amo” em vão;
34 — desenvolva interesses não econômicos;
35 — passe mais tempo com pessoas da família;
36 — promova mais harmonia por onde andar;
37 — quebre as falsas harmonias;
38 — ajude uma pessoa que você viu pela primeira vez e nunca mais vai vê-la;
39 — dê um presente a você mesmo;
40 — não comprometa seu orçamento com desejos supérfluos;
41 — faça check-ups regularmente;
42 — não troque salário maior por vida menor;
43 — mas lembre-se: nem sempre sair da linha de conforto é diminuir a vida;
44 — sacrifique-se por aquilo que realmente vale a pena;
45 — compre uma bicicleta e caminhe em locais seguros;
46 — não queira mais músculos do que cérebro;
47 — não seja um cérebro desencarnado;
48 — se tem que fazer, comece já, mas procure os entendimentos necessários;
49 — faça dieta sob orientação técnica;
50 — desenvolva habilidades novas;
51 — inclua uma totalmente inútil, como fazer mágica, por exemplo;
52 — ponha as coisas mais importantes (para você) em primeiro lugar;
53 — comporte-se como que vai deixar um legado para as futuras gerações;
54 — pense em consertar o mundo: comece cuidando melhor do seu lixo;
55 — gaste menos água em suas atividades;
56 — examine seus próprios atos, antes de culpar alguém ou a Deus por eventuais fracassos;
57 — torne-se mais produtivo;
58 — aprenda a ter orgulho de seu desempenho;
59 — não que ser o exemplo nem a palmatória do mundo;
60 — faça trabalho voluntário;
61 — seja correto em suas relações;
62 — não deixe que alguém o explore ou faça de bobo;
63 — não aceite nenhuma forma de humilhação;
64 — inclua seus pais ou avós, em alguma atividade recreativa;
65 — aprenda um idioma novo;
66 — viaje para outros países (Paraguai não vale) e observe os hábitos dos nativos;
67 — trate melhor os seus subordinados;
68 — porte-se com dignidade diante se seus superiores;
69 — concorra a prêmios sem fissura para ganhá-los;
70 — se ganhar na Mega-Sena, não será o fim, toque a vida com serenidade;
71 — não faça hoje o que deve ser feito amanhã;
72 — não colha os frutos quando já estiverem podres;
73 — não venda suas férias;
74 — não venda sua dignidade;
75 — não pague pelo que não é devido;
76 — vote como quem conserta um vazamento;
77 — sinta cada momento como um milagre da existência;
78 — perceba a fragilidade da vida;
79 — entenda que a vida passa rapidamente
80 — perceba o que há de bom em cada fase da vida;
81 — gaste seus dias naquilo que lhe dá mais poder e esperança;
82 — seja grato pelo tempo que já viveu;
83 — seja esperançoso pelo tempo que ainda vai viver;
84 — lembre-se que é mais importante a intensidade que a duração, mas a intensidade que destrói suga o sentido da vida;
85 — não queira ser aquilo para que não tem dom nem temperamento;
86 — não queira ser agradável sem poder;
87 — viva de modo que seus filhos ou netos possam ter orgulho de você;
88 — seja verdadeiro em todas as suas atitudes (não seja dissimulado nem fingido);
89 — aceite desafios com alegria e entusiasmo;
90 — não sofra previamente por fatos que possam nem vir a existir;
91 — esteja preparado para acidentes de percurso;
92 — evite emprestar dinheiro a amigos (você corre o risco de perder o amigo e o dinheiro);
93 — assuma compromissos nos limites de sua capacidade;
94 — expanda sua capacidade para assumir compromissos maiores;
95 — obedeça as leis, mas sempre que for possível, faça gestões para que as leis se aprimorem;
96 — critique pessoas públicas, ou elogie, se lhe aprouver;
97 — denuncie as coisas erradas;
98 — respeite os direito alheios, mesmo os difusos;
99 — viva para ser alegre;
100 — encare eventuais tristezas como processos de depuração de sua felicidade.

Fonte: Revista Bula

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s