Em outubro a Gol lançou uma promoção de BSB X BUE por R$ 281,00 o trecho e eu vi ali a grande chance de conhecer, finalmente, junto com meu amor a famosa capital porteña.

Sem perspectivas de tirar férias, joguei a o embarque para abril deste ano. Seriam quase 6 meses de espera; então, vamos juntar grana e fazer nossa própria programação.

Começamos pelas centenas de Blogs que falam de viagens para Buenos e de brasileiros que moram naparachicas capital da Argentina. Achamos muitas coisas interessantes mas, sem dúvida, o mais completo é o www.buenosairesparachicas.com  da Amanda Mormito que é também muito acessível pelo e-mail e pelo Facebook, conseguindo tirar minhas últimas dúvidas antes da viagem!

Daí comecei a pesquisar hotel no www.booking.com e no www.decolar.com . Escolhi p5520516or um apartamento na Recoleta; primeiro por que saía mais barato que Hotel neste bairro e 2º porque apesar de Hostel ser mais barato eu queria algo mais íntimo e romântico para esta viagem. Existem hostels maravilhosos lá em Buenos; mas optamos mesmo pelo Concord Callao By Temporary Apartments ( http://www.concordcallaohotel.com )  que fica na Av. Callao, a uma quadra da av. Santa Fé onde fica a linha D do metrô, a livraria El Ateneo e várias lojas de babar! Optei pela Decolar.com (que não deixou nada a desejar) que me ofereceu as 4 diárias c/ café da manhã nesse Aptº por 683,00 e dividi em 3x no cartão (e ainda me deu um guia da cidade muito legal em PDF!).

A Recoleta é uma bairro lindo, tranqüilo e um dos mais caros da capital; não há muitas baladas como Palermo, mas tem várias opções para se divertir a noite, muitos cafés e parrillas.

Com passagens e a hospedagem pagas, a ideia era levar R$ 4.000 para os quatro dias (27/04 a 1º/05), mas não conseguimos juntar essa grana e no fim estávamos levando 2.000 para gastar e 500 reais para alguma emergência. Troquei mil reais por pesos($2.400) e levei tudo em espécie, dividido entre carteira, bolsa e porta-dollar.

Como a casa de câmbio aqui só troca por notas de 100 pesos e a gente já sabia que pagar táxi lá com nota de 100 é fria, eu tinha que chegar no aeroporto e já trocar um pouco.

1º dia (sábado)

Assim, desembarcamos as 14h50 em BUE, depois de fazer conexão em Guarulhos (e passar na policia federal 2 vezes). Fomos direto a uma banca de revistas que fica dentro do próprio Aeroparque e comprei o Guia T (já sabia desse guia pela internet) – nele tem todos os horários, linhas, de ônibus e metrô além do mapa completo da cidade (baita ajuda!). Custou 25 pesos e eu fiquei com 75 pesos trocados para pegar um taxi.

Ignorei todos os taxistas que estavam dentro do aeroporto convidando a gente, porque sabia que eram “piratas”. Saímos e já peguei um taxi confiável na porta, que é o “RADIO TAXI” (escrito em cima e nas portas).  – Por favor, Av. Callao entre Arenales y Juncal. – Era só esperar e confiar.

Chegamos com a cidade nublada e com trânsito tranquilo, o taxista com cara941367_455880977819971_1984791758_n de Maradona não nos enrolou e a corrida deu $ 49,00 pesos. – A recepção do hotel já estava fechada e fomos atendida pelo porteiro que nos entregou um envelope com uma carta de Boas Vindas, a chave do aptº e o direcionamento para o check-in no hotel, no outro dia antes do meio dia. Deixamos as malas no quarto, metade do dinheiro no cofre, e fomos pra rua!!!!

Primeira coisa foi parar no Carrefour Express em frente ao Hotel e comprar Águá, coca-cola, creme de cabelo (porq reiteram meu gel em Guarulhos) e um pãozinho de fôrma caso precisasse (não precisou!). O portunhol foi ficando aquela coisa… ríamos muito porque não entendíamos muito o que falavam… mas, repete umas 3 vezes e tudo fica perfeito!! 😀

A chuva começou a cair e fomos procurar um PARAGUA (guarda-chuva), não compramos porque achamos extremamente caros!!! Na Pharmacity custava $130 pesos (54 reais porra???????) – Andamos na chuva felizes e contentes! \o/ – Subimos no sentido Feira da Recoleta, mas por causa da chuva as barraquinhas estavam 90% fechadas. Daí partimos pro Buenos Aires Design onde fica o Hard Rock Café, andamos pelas redondezas do cemitério, Café La Biela e entramos na rua Guido… de cara encontramos o CARLITOS LNG (eu estava doida por uma Quilmes!) um bar muito harmonioso, simples e com um atendimento excelente. Entramos e já subimos para uma mesa no mezanino, pedimos ½ porção de Papas Fritas ($29) e 2 Chopps ($24 cada). Sim cerveja lá é caro!!! Assustei-me, mas estavam tão gelado que compensava. Decidimos então voltar pro hotel, experimentar a banheira e dep943339_455877984486937_1332969925_nois partir para a Parrilla que ficava ao lado, pois com chuva é ruim bater perna!

Ainda preocupada com os valores das coisas, fomos ver o menu primeiramente (ficam na porta de todos os restaurantes lá)  e percebemos que dava pra atacarmos um Bife de Chorizo fácil. Sentamos frente ao jardim de inverno e a camareira(garçonete) nos atendeu maravilhosamente bem e nos recomendou a promoção do OJO DE BIFE que vinha entrada + prato principal para 2 + Vinho.

Tudo uma delícia e eu preocupada com o valor da conta, pois não acreditava que todo aquele conjunto nos custaria somente $140 (56,00 reais). Jantamos felizes, contentes e realizadas com nosso 1º jantar em Buenos!

2º dia (domingo)

Subimos para fazer o check-in e a pessoa que nos atendeu no escritório foi simplesmente simpaticíssima!!!!!!!!! Pegamos nossos cartõezinhos para o café-da-manhã na parrilla do lado, onde havíamos jantado na noite anterior. Tudo muito bom com medialunas + café + suco de laranja + torradas + salada de frutas + presunto + queijo (Hummmmm).

Com o Gui T nas mãos e todas as informações na cabeça, fomos para o metrô (Subte – 2.50 pesos cada) 190514_455881264486609_1317959719_npara conhecer a Catedral    e Casa Rosada. (pegamos o trem errado, mas descemos na próxima estação e fizemos a integração para o trem do outro lado, sentido Estação Catedral) Ficamos encantadas com a beleza da catedral e tiramos bastante fotos.

Andando por ali, vimos uma ferinha iniciando bem ali, na rua ao lado da Casa Rosada. Fomos entrando, entrando, entrando e pasmem: descobrimos que estávamos na conhecidíssima Feira de San Telmo!!! Rimos muito (e a senhora que nos contou também!). Dali em diante foi só sorrisos, compras, curiosidades e feira que não terminava mais! Chegamos na Plaza Dorrego (na Bethlem) e um chico nos defensaabordou sugerido almoço num restaurante por ali… como estávamos morrendo de fome, topamos ir com ele e ele nos levou ao restaurante que fica na praça, virado de frente para a Defensa (esqueci o nome!). É todo bonitinho…. nós ficamos na parte de cima, com vista para a praça. Pedimos somente 1 bife de chorizo + papas fritas + jarra de cerveza (aproximadamente  65,00 reais).

395645_455881974486538_1500399215_n249110_455881854486550_1592494346_n

Saímos dali já cansadas, com as pernas doloridas… terminamos de fazer toda a feira. Me perdi em algumas ruas depois que saímos, pois fiquei preocupada com nossa segurança e, por isso, queria achar logo uma avenida movimentada. Foi aqui e paramos no centro. Vi a placa do Subte e paramos dentro da central de Trens, tipo a nossa Central do Brasil… vi que não era ali que pegaríamos nosso metrô, mas ia aproveitar para tirar uma foto da estação charmosa.

922928_455882097819859_1525363265_n

Tirei. Daí veio um policial, muito simpático, e disse que ali não é lugar de tirar foto e para tomar muito cuiCAPTUR~1dado com a câmera e a bolsa. Agradecemos muito e saímos desconfiadas. Fomos para o outro lado e com a ajuda de uma outra policial, conseguimos pegar o metrô de volta a Recoleta. Fomos fechar o dia com um sorvete de Dulce de Leche no Freddo. Depois Hotel. Banho. Cama com pernas pro alto!

A noite saímos para conhecer a livraria El Ateneo e bater mais perna na Recoleta; acabamos em frente ao Porte  Zuelo (www.portezueloweb.com ), uma bar super 10 que fica em frente aos muros do cemitério. Atendimento excelente, preços justos e uma gama de drinks de enlouquecer. Adoramos o local; ainda mais porque no dia mesa só com chicas, tinha desconto de 30% nas comidas. Pedimos uns Nachos com 3 tipos de molhos, que saiu por 16 reais!!! :O225749_455878094486926_1948533961_n

A cerveja era cara lá mas tava uma delícia de gelada, rolou Mojito Refrescante e um drink de sorvete de creme e Amarula bem gostosinho (eu colocaria mais vodka!) – no fim, uma conta de $210 pesos (84 reais).

923300_455888687819200_1377861403_n

De lá, parei no Café La Biela bem ali pertinho, para fechar a noite com um cappuccino! (Delícia)

190532_455882174486518_680105636_n

3º dia (segunda)

Dia do couro!!! \oo/

Depois de nossas pesquisas, sabíamos que era na rua Murillo, que conseguiríamos couro bom e barato. Lá fomos nós então de metrozão (2 trens), sem maquina fotográfica desta vez. Essa foi fácil achar, mas contamos com uma senhorinha que deu o rumo para descermos! Hehe

Olhamos algumas lojas maiores e mais bonitas e o preço não era diferente dos couros da Feira de San Telmo, mas lá tem as lojas menores que tudo é negociável, sem contar umas que são dividas pelas Promoções e Não-Promoção… na 3ª loja achamos um vendedor simpático e as jaquetas que queríamos! Pagamos em Reais e ele os fez por 3,30 cada – no fim gastamos 550,00 reais em duas lindas jaquetas de couro legítimo!!

Eu estou louca atrás de um tênis da All Star que não encontro no Brasil nem com reza braba, daí fui pra BUE na esperança de encontrar esse tênis na loja da Converse de lá. Daí que depois dos couros fomos atrás da rua Humboldt, 1665 – Palermo Soho. Entramos no ônibus 12 (um policial educadíssimo que nos indicou), nossas moedas não davam para pagar as 2 passagens eu não estava entendendo BULHUFAS do que o motorista dizia… esse motorista era meio “argentino de nariz empinado” … daí que Deus mandou um senhor muito educado que disse que ia passar o cartão SUBE dele para nós e eu dava o dinheiro para ele, mas eu abri a mão e ele só pegou 4 pesos dela e eu sabia que o ônibus custava 3,25. Fiquei sem entender, ele disse que estava tudo certo e eu agradeci muito. Daí, que nesse dia esqueci o Guia T no Hotel e o motorista do bus não me ajudava quando eu falava pra ele que queria descer na Honduras. Então, quando resolvi descer já estava a 8 quadras pra baixo. L

Descemos putas da cara, mas fomos andar. Nossas pernas estavam muito doloridas por causa das constantes caminhadas, mas nossa ideia era pegar taxi apenas para aeroporto. Subimos 9 quadras e chegamos na tal rua que daria uma direçãozinha pra nós. Andamos, andamos, andamos… e a fome apertou. Chegamos no reduto dos bares e restaurantes de Palermo, decidimos parar no primeiro com cara bonita e nos fu…mos!603639_455878151153587_371614195_n

Prato principal era Bife de Chorizo com ervas + purê de batatas + entrada + copa de Vinho. ($156) O prato era lindo, a entrada era fabulosa e o vinho tinto e seco. Não gostamos da comida. Eu larguei mais da metade lá e ficamos arrotando ervas por umas 5 horas seguidas. #fail

Andamos mais umas quadras, perguntei pra outro policial educado e achamos a loja da Converse.

Daí que…. nos fu…mos de novo, pois não tinha nenhum dos tênis que eu gosto. Descemos as 9 quadras de volta até a avenida, pegamos o Subte lo-ta-do e voltamos pro hotel exaustas. 30 minutos de banheira e cama!

Depois de um Sonrisal, decidimos que não iríamos jantar… mas, íamos tomar943679_371803846270667_669720100_n uma Quilmes em algum bar perto do Hotel, porque os pés estavam moídos. Vimos algumas lojinhas de coisas para casa (preços iguais a do Brasil) e paramos na Pizzaria Romario. Tomamos 1 cerveja de litro mas não ficamos porque não nos sentimos tão à vontades, apesar do ambiente ser bem maneiro. Subimos pro querido CARLITOS LNG, sentamos na mesma mesinha da primeira noite e pedimos uma jarra de Cerveza! Ao sairmos resolvi comer um sanduiche de miga no Café Fillipo na Av. Santa Fé com a Callao, bem saboroso e aconchegante…lá eles identificam os clientes e manda espetados na comida uma bandeirinha do seu país… Gostei! 😉

 936553_455878194486916_1889544183_n

4º dia (terça-feira)

Cansadas e com os pés moídos, decidimos pegar o ônibus turístico ( http://www.buenosairesbus.com ) e 11957_455878164486919_1378991263_nvisitar alguns pontos importante que não havíamos ido ainda. Saímos cedo do Hotel, tomamos café na Starbucks que ficava a 1 quadra, passamos na casa de Câmbio para trocar uns reais por peso, visitamos o Cemitério da Recoleta (muito chique!) ali do lado, e fomos para o ponto 10 (da Recoleta) esperar o Bus Turístico que passaria as 10h em ponto. Entramos e compramos nossa passagem para 24 horas que saiu por $150 pesos cada. O ônibus passa por 24 pontos distribuídos na cidade, ele passam de 25 a 25 minutos durante todo os dia (tem escala pra verão e para inverno), são aconchegantes e possuem fone com vários idiomas para você passear ouvindo a história de cada monumento ou lugar da capital.

923379_455882304486505_1497301258_n

Passamos pelo teatro Colon, Obelisco, Florida…. Descemos pela primeira vez no Caminito (Boca) e fomos comprar uns últimos suvenires, minha camisa da Argentina e várias fotos nas casinhas coloridas. Gostamos muito do lugar, mas não ficamos muito tempo e também achamos os preços bem caros com relação a Feira de San Telmo; sem contar o tanto de gente te chamando pra tirar foto o tempo todo com dançarinos, ou pra te vender coisas e tals. Partimos para Puerto Madero, um lugar muito bonito mas que me lembrou muito Brasília, então não foi dos meus preferidos.

941012_455880117820057_99882428_n

Neste dia tínhamos combinado de almoçar Choripan, ficamos igual loucas atrás de uma barriquinha e não encontramos ali. Conhecemos a Fragata do Presidente Sarmiento, a Puente da Mujer e achamos os preços bem salgados nos restôs dali. Pegamos o ônibus e paramos na Floralis Generica com Faculdade de Derecho.

Nada de Choripan. Tiramos umas fotos e partimos pro BUS novamente.

Eram 16h quando descemos no Planetário (que queríamos muito conhecer) e avistamos a pequena barraca de Choripan.

947027_455880394486696_1563152088_n  Corremos para abraçar o tal pão com linguiça que é dos Deuses!!
A fome era tanta que pedimos um Sanduiche de Bandiola  (pão com carne de porco), MA-RA também, e claro: PEPSI (que é melhor do que a Coca-Cola lá!!! – ao todo $50 pesos (20 reais).

408465_455880454486690_852546792_n

Satisfeitas entramos no Planetario e compramos 2 ingressos ($50) para a sessão das 16h – cada sessão dura 40 minutos e, se eu não me engano, só há 3 sessões por dia. – Uma verdadeira aula de Ciências para nós, amamos!!!923008_455880377820031_257071205_n

Saímos de lá, pegamos o BUS e andamos com ele por vários minutos, passando por Malba, Belgrano, Joquei, Centro até retornarmos ao ponto 0 que é n a Calle Florida. Queríamos muito torrar o resto de pesos que sobrou e descemos ali para ver as lojinhas e camelôs, infelizmente chegamos um pouco tarde mas ainda conseguimos comprar cinto, blusa, Alfajores e olhar o estilo da rua, que é um pouco perigosa, mas gostosa de andar. – Andamos até o ponto do BUS novamente mas o último a sair do ponto foi as 17h20, voltamos para a Plaza de Mayo, tiramos as ultimas fotos noturnas com a Casa Rosada e o Banco de La Nacion iluminados e fomos para o Subte estação Catedral.  Hotel + banheira + pensar no último jantar!

Saímos sem saber o que fazer… olhamos a Parrilla El Callao que amamos em todos os café e no primeiro jantar, estávamos com medo de outro bife de chorizo ruim em qualquer lugar, não queríamos pizza, mas queríamos comemorar! Quase voltamos ao Porte Zuelo, mas pasmem, voltamos ao CARLITOS, sentamos na mesinha de fora, pedimos papas fritas e uma jarra de cerveza (amamos o atendimento deles), no fim pedimos um Bife de Chorizo só, comemos, mas também não nos agradou muito… chegamos a conclusão que carne você tem que pedir é numa Parrilla (Churrascaria).

Hotel e arrumar as malas!

5º e último dia (quarta-feira)

Nosso voo saía só as 11:00. Fizemos o check-out rápido e tranquilamente, tomamos café no EL CALLAO (que é do hotel), pegamos um taxi (Radio Taxi) na rua e fomos pro aeroporto ($34). Fizemos o check-in e corremos pro Free Shop porque eu estava louca pra comprar um perfume e uns cremes da Victoria Secret… compramos uma Amarula baratinha tbm e entramos no avião para a nossa volta, sem atrasos #grazadeus

Balanço geral:

  • 1317,00 (4 passagens + taxas de embarque)
  • 683,00 (4 diárias em Apart-Hotel na Recoleta)
  • 2000,00 (almoço, jantar, bebidas, couros, comprinhas pequenas e suvenires)
  • Voltamos com os 500 reais que levei para emergência!

R$ 4.000,00 (total)

Observação:

– Todos os preços gastos no restaurantes e cafés não incluem as propinas(gorjetas), sempre deixávamos 5 ou 10 pesos pros camareiros(garçons).

– Na Fragata do Pres. Sarmiento o valor é $2  pesos para cada, mas deixaram a gente entrar sem pagar, mesmo a gente insistindo para pagar.

– O Guia T é realmente útil para quem não pretende andar de taxi para cima e para baixo

– As pessoas são muito educadas, então mantenha sempre as palavras na ponta da língua: GRACIAS (obrigado) e PERMISSION (com licença)

– Tango??????
Não pagamos para assistir nenhum show (porq não sentimos necessidade), mas da próxima quero ir ao Café Tortoni e assistir a um show lá mesmo. – Assistimo apresentações nas ruas de San Telmo e do Caminito.

923124_455881894486546_139043407_n

– Os Argentinos não são babacas como muitos pensam e a cidade é um choque cultural e social, em relação ao Brasil.

lixo_buenosaires_1 BuenosAires

 

Anúncios